Logo do Site. Texto na Imagem: União Europeia Jornais Oficiais e Portais Institucionais
União Europeia Alemanha Aústria Bélgica Chipre Dinamarca Eslováquia Eslovénia Espanha Estónia Finlândia França Grécia Hungria Irlanda Itália Letónia Lituânia Luxemburgo Malta Página dos Países Baixos Polónia Portugal Reino Unido República Checa Suécia

Imagem com a bandeira do País Sobre a União Europeia

A seguinte tabela apresenta os actuais estados membros e as respectivas datas de adesão.

Data de Adesão Países
Países Fundadores Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo, Países Baixos
1973 Dinamarca, Irlanda, Reino Unido
1981 Grécia
1986 Espanha, Portugal
1995 Aústria, Finlândia, Suécia
2004 Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia, República Checa 2007 Bulgária e Roménia

Antiga República Jugoslava da Macedónia, Croácia e Turquia

(fonte: europa.eu.int)

No dia 9 de Maio de 1950, foi apresentada uma proposta de criação de uma Europa organizada por Robert Schuman, a qual ficou conhecida como "Declaração Schuman".

Este dia marca o começo da actual União Europeia e foi por esse motivo que na Cimeira de Milão de 1995 foi adoptado o dia 9 de Maio como o Dia da Europa.

(fonte: europa.eu.int)
Bandeira da União Europeia

A bandeira da Europa além de simbolizar a União Europeia representa também a unidade e a identidade da Europa.

O círculo de estrelas douradas representa a solidariedade e a harmonia entre os povos da Europa.

As estrelas são doze porque tradicionalmente este número constitui um símbolo de perfeição, plenitude e unidade.

Assim, a bandeira manter-se-á inalterada, independentemente dos futuros alargamentos da UE.

(fonte: europa.eu.int)

O hino europeu não é apenas o hino da União Europeia, mas de toda a Europa num sentido mais lato. A música é extraída da 9.ª Sinfonia de Ludwig Van Beethoven, composta em 1823.

No último andamento desta sinfonia, Beethoven pôs em música a "Ode à Alegria", que Friedrich von Schiller escreveu em 1785. O poema exprime a visão idealista de Schiller, que era partilhada por Beethoven, em que a humanidade se une pela fraternidade.

Em 1972, o Conselho da Europa (organismo que concebeu também a bandeira europeia) adoptou o "Hino à Alegria" de Beethoven para hino. Solicitou-se ao célebre maestro Herbert Von Karajan que compusesse três arranjos instrumentais - para piano, para instrumentos de sopro e para orquestra. Sem palavras, na linguagem universal da música, o hino exprime os ideais de liberdade, paz e solidariedade que constituem o estandarte da Europa.

Em 1985, foi adoptado pelos chefes de Estado e de Governo da UE como hino oficial da União Europeia. Não se pretende que substitua os hinos nacionais dos Estados?Membros, mas sim que celebre os valores por todos partilhados de unidade e diversidade.

Ouvir o hino:

Gravação comprimida ficheiro MPEG (66 Kb)

Gravação de Alta Qualidade ficheiro MPEG (849 Kb)

Esta versão do hino europeu, foi gravada pelos sopros da Orquestra da Juventude da União Europeia sob a direcção de André Reichling, com arranjo de Herbert von Karajan. Gravação efectuada em 1994, no Teatro da Trindade, em Lisboa.

(fonte: europa.eu.int)

Elaborado por Imprensa Nacional-Casa da Moeda, S.A.

Sobre a União Europeia | Países Candidatos ]